Publicado em Resenhas

Resenha: Divergente

Como comentado no post anterior vou fazer resenha de toda a saga Divergente, comecei falando sobre o livro Quatro que é basicamente um spin off que conta a história do personagem antes de Tris aparecer em sua vida. Falar sobre os livros de Divergente é fácil já que tenho um carinho enorme e gosto demais de todo o enredo dos LIVROS, até porque não precisamos nem comentar sobre os filmes.

img_20181110_115806025

Divergente é o primeiro livro da trilogia onde acompanhamos a trajetória de Tris, história que começou apenas como a busca por um lugar pra viver e acabou se tornando uma luta pela sobrevivência de todos.

O livro conta a história de Tris filha de um dos líderes de sua facção abnegação que está na idade de passar pelo teste de aptidão, onde terá como resposta a facção que pertence podendo essa ser ou não a facção de seu nascimento. A sociedade que vive tem como lema “Facção antes do Sangue”, já que apesar do teste a pessoa pode trocar de facção durante a cerimônia escolhendo um novo estilo de vida, isso é o que Tris decide fazer por diversas razões deixando para trás a facção que rejeita vaidade e escolhendo Audácia lugar onde você é livre para ser quem deseja.

Quando decide mudar Tris não imaginava que seu irmão, que era o exemplo de pessoa perfeita da Abnegação também deixaria seus pais para trás escolhendo um novo caminho. Nessa confusão de recomeçar, Tris que esperava apenas passar por um treinamento e já ser parte desta nova família, no entanto, acaba sendo obrigada a enfrentar desafios, brigas e muitas situações que fazem com que ela se torne mais forte e se aproxime de Quatro.

Mas o principal da história é exatamente o fato de Tris ser Divergente, isso quer dizer que ela possui aptidão não para uma, mais três facções fazendo com que controlar a mesma através de soros e simulações seja impossível, mas com a ajuda de algumas pessoas ela sabe que deve fingir que é “controlada” ou será eliminada por dificultar o objetivo do governo no poder. No final vemos Tris, Quatro e seus outros amigos fugirem para a facção mais amigável com a intenção de bolar um plano e arrumar aliados contra a mulher que matou diversas pessoas e pretende eliminar todos os divergentes, o inimigo ao longo de todo o livro tem nome e sobrenome, afinal Jeanine Matthews não existe atoa.

Tentei fazer uma pequena resenha\resumo do livro sem dar muitos spoilers porque sei que muitos podem ter assistido o filme, mais o livro é muito melhor como sempre, além disso sei que se fizesse o estilo resenha que muitas pessoas fazem eu iria contar tudo sobre o livro e perderia a graça para quem nunca leu. Divergente é uma saga reconhecida e famosa, muitos amam muitos odeiam, mas todos reconhecem que a Tris é uma personagem com uma força absurda e que luta pelo que acha certo sempre.

Espero que tenham gostado, comentem e curtam. Me falem que acharam e se ficaram interessados eu indico muito a leitura mais esquecendo a existência dos filmes.

Vejo vocês no próximo post.
XOXO, Luana.

Anúncios
Publicado em Filmes

Perfeita Para Você

perfeita-pra-vc-1024x683

Netflix acho justo você me presentear com um ano grátis de assinatura porque eu realmente amo suas produções originais, ainda faço post pra enaltece-las. Mas um filme original Neflix que ficou aparecendo constantemente nos meus indicados e que eu finalmente assisti, como normal netflix me fez chorar, deixou meu coração apertado por ver um amor tão bonito com uma história tão inesperada.

É um filme lindo, triste e extremamente tocante.

Perfeita Para Você conta a história de Abbie e Sam que desde a infância são apaixonados um pelo outro, cresceram juntos e com isso o relacionamento que poderia parecer apenas uma infantilidade era na verdade o encontro de duas metades de uma laranja.

O enrendo do filme ocorre ao redor da festa de noivado do casal que acha que Abbie está grávida, eles só não imaginavam que os sintomas que indicavam gravidez eram na verdade tumores no útero da mesma, notícia essa que ao dada trouxe consigo uma enorme onda de sonhos abandonados e medo do futuro.

A partir daí vemos Abbie lutando contra a doença que acaba sendo ainda mais grave do que imaginado, ao mesmo tempo tentando a todo custo planejar a vida de Sam caso o pior aconteça. No meio disso tudo há ainda a amizade que surge entre ela e a razão da mesma comparecer ao grupo de apoio para pessoas em tratamento, amigo que se torna seu parceiro e confidente tentando a todo momento mostrar que nunca sabemos o dia de amanhã devendo aproveitar o hoje.

Assistir esse filme é literalmente uma prova de resistência onde você fica apenas esperando a hora que as lágrimas vão rolar mesmo você se segurando a todo custo. Um roteiro tão verdadeiro e comum faz com que o impacto seja ainda maior, afinal onde que uma mulher jovem prestes a casar e com suspeita de gravidez imaginaria que veria todos seus planos desabarem por uma doença extremamente grave.

O filme mostra um casal comum, com uma vida comum mais com um final que acontece bem mais do que deveria, com a mensagem de que devemos sempre aproveitar cada dia com as pessoas que amamos ao máximo porque nunca sabemos como nossos planos podem desabar e como o amanhã pode simplesmente não existir.

Espero que tenham gostado, assistam o filme e comentem aqui o que acharem.

Vejo vocês no próximo post.
XOXO, Luana.

Publicado em Música

Feats Inesperados

hypu-featuringO mundo da música é repleto de surpresas e lançamentos inesperados, sejam esses singles surpresas ou colaborações entre dois artistas que ninguém imaginava que um dia realizariam um trabalho conjunto.

Os feats\colaborações nada mais são que músicas onde dois ou mais artistas trabalham juntos, seja esse trabalho na letra, na batida, no vocal ou em todo o conjunto que no final forma uma música. Ao longo dos anos tivemos a nosso dispor diversas colaborações que ao meu ver não eram nem um pouco esperadas, afinal esse tipo de trabalho costumava acontecer apenas entre cantores com estilos semelhantes e que eram considerados “amigos” pela indústria.

Isso mudou já que agora os feats são uma oportunidade para que esses artistas juntos consigam um alcance ainda maior de seus trabalhos ao juntarem fandoms, assim expandirem seus horizontes e ouvintes. Com essa oportunidade vieram colaborações incríveis e aqui estão as 8 colaborações mais “recentes” que mais me surpreenderam.

1- Rihanna, Kanye West, Paul McCartney – FourFiveSeconds

2- Super Junior X REIK – One More Time(Otra vez)

3- Kevinho e Simone&Simaria – Ta Tum Tum

4- John Legend X Wendy – Written In The Stars

5- 30 Seconds To Mars feat. Pitty – The Kill

6 – BTS feat. Nicki Minaj – IDOL

7- Major Lazer – Sua Cara feat. Anitta & Pabllo Vittar

8 – LSD – Thunderclouds ft. Sia, Diplo, Labrinth

*Lembrando que para ouvir esses feats é só clicar no nome da música e você irá para ela no youtube*

Espero que tenham gostado, comentem aqui colaborações que vocês curtam para que aja parte 2 desse post.

Vejo vocês no próximo post.
XOXO, Luana.

Publicado em Escreva por amor

Seja luz

tshirt_view_seja-luzNas últimas semanas vivemos em um país dividido, com famílias divididas, amizades perdidas, decepções constantes e emanação de ódio conjunta.

Acontece que o que houve nessas semanas não vai sumir agora que as eleições acabaram, a grande verdade é que muitas mascaras caíram e não há como elas voltarem a existir sem que o que foi dito ou apoiado seja lembrado. A partir do momento que você apoia alguém automaticamente você concorda com o discurso daquele ser humano, isso é o que muita gente não entende porque você pode até não praticar aquilo, porém se você decidiu apoiar alguém que disse aquilo você concordou com ele.

O brasileiro está cansado de ser roubado, de ver as pessoas no poder enriquecer enquanto todos nós estamos estagnados. No entanto emanar ódio de nada adianta, apoiar que seja liberado o porte de arma é um perigo absurdo e não cobrar soluções para problemas urgentes como a crise na saúde é se cegar para a realidade.

Nosso problema é falta de empatia, é esquecer de enxergar além da nossa realidade e do nosso dia a dia, é esquecer que milhões de jovens não possuem a educação na qualidade que deveriam, esquecer que existem milhares de pessoas morrendo por falta de equipamento básico, esquecer que diariamente há no noticiário alguma vítima de bala perdida no meio do constante confronto entre polícia e bandidos.

Eu sempre tive um certo medo ao sair de casa, medo de ser assaltada, sequestrada, estuprada, assediada, morrer e isso faz parte da realidade da grande maioria, porém digo que se meu medo é grande imagine da comunidade LGBTQ, imagine dos negros e das pessoas que praticam religiões que vivem sendo alvo de atentados? Sim essas pessoas sofrem muito mais, por elas digo que vamos lutar e exigir um governo que não tire o direito de ninguém, que apoiar agressão não é aceitável em nenhuma circunstância, que não se resolve violência com violência e que se “qualquer um” puder ter arma é certeza de chacinas diárias.

Meu desejo é que o Brasil evolua de todas as formas possíveis mais SEMPRE respeitando toda sua população e o direito de ir e vir de cada um. Quero um país que respeite os homossexuais, um país que respeita todos os direitos das mulheres e a iguladade que nós merecemos, um país com menos preconceito e muito menos corrupção. Espero de coração que o presidente eleito tenha em mente que seu discuro de ódio nunca foi aceitavel e que agora eleito iremos cobrar por um governo para todos e não para aqueles que compactuam com suas opiniões pessoais sejam elas quais forem.

Nunca esqueçam de ter empatia, nosso país tem tudo para ser melhor mais devemos e temos que fazer nossa parte resistindo a tudo aquilo que vai contra o que desejamos.

Espero que tenham gostado, que nosso futuro seja cheio de luz e não obscuro.
XOXO, Luana.

 

Publicado em Resenhas

Resenha: Quatro

Desde 2016 quando esse blog foi criado eu escrevi em diversos posts, milhares de vezes a minha indignação com a saga de filmes Divergente. Acontece que mesmo com essa frustração com as adaptações eu sou completamente apaixonada pelas histórias que Veronica Roth trouxe para a minha vida, a saga de livros divergente entrou na minha vida em 2013 e dali em diante os livros se tornaram meus companheiros, tendo a vida de Tris como distração da rotina diária.

IMG_20181024_132411707.jpg

Recentemente percebi que por não estar comprando tantos livros acabei deixando o blog de certa forma “pobre” de resenhas literárias, então me veio a mente que nunca fiz resenha sobre essa saga tão marcante nesses meus 20 anos de vida. Decidi então mudar isso fazendo resenha da trilogia+um de trás pra frente de certa forma, isso porque ao invés de fazer da trilogia e só então do livro “Quatro” que é com a narração de Quatro e não de Tris, achei mais interessantes começar com ele até porque em seu livro ele conta sua história antes e quando Tris aparece, claro que se quem nunca leu ler Quatro primeiro vai ter pequenos spoilers do primeiro livro mais nada grave.

A ordem de ler mesmo é: Divergente, Insurgente, Convergente e Quatro.

Lembrando que isso é uma pequena resenha do livro sem qualquer ligação aos filmes já que como a maioria sabe eu sou extremamente frustrada com os mesmo, enfim vamos lá.

Vaidade, diria meu pai. Eles se preocupam tanto em parecer inteligentes que se tornam tolos.                                                                                                               pg:74

O livro conta a história de Quatro que ao se transferir da abnegação para audácia decide recomeçar mudando até seu nome que possui o sobrenome de quem mais o persegue, acompanhamos a descoberta de seus medos e a razão por trás de sua fuga da facção onde cresceu indo contra seu teste de aptidão para sair de lá. Assim como em Divergente é possível ver neste livro como ambos principais tiveram que ralar e se esforçar para irem bem na iniciação de sua facção.

Ao longo de seus dias e convivendo com sua nova realidade vive dia bons e ruins tentando sempre ter controle do que demonstra as outras pessoas, se adaptando ao estilo de vida e demonstrações de afeto ao seu redor e mesmo assim consegue perceber coisas que os outros relevam. Lemos a transformação dele ao fazer amizades, tatuagens, viver desafios e realmente abraçar a facção de sua escolha afinal o lema é “Facção antes do sangue” logo não importa se possui família em outro lugar, sua lealdade e amor deve ser da audácia.

Em todo o livro percebemos como o personagem entra em conflitos com si mesmo por conta de sua aptidão múltipla tendo que sempre que escolher seguir pelo “certo” da facção, mesmo que acredite que deveria fazer o contrário. Acompanhar a evolução dele de um garoto frágil, fraco e assustado para um homem cuja as habilidades são diversas e seu maior objetivo é proteger as pessoas é incrível, lemos coisas inesperadas sobre personagens que são constantes na saga e percebemos que antes de Tris ajudar Quatro em suas lutas na saga Divergente o mesmo já batalhava sozinho.

Indico muito a leitura de “Quatro” por nele podermos ter noção daquilo que só imaginávamos quando o mesmo conta para Tris, o livro possui três cenas exclusivas e também deixa bem claro o que ele achava da “Careta” desde o inicio de tudo. A grande diferença é que ao acompanharmos “Quatro” conseguimos ver ainda mais a profundidade de um personagem vital para todo o enredo da trilogia.

Com esse post deixo claro que minha indignação é apenas com as adaptações já que apesar disso os livros de Veronica Roth tiveram um enorme significado no meu crescimento, farei resenha da trilogia logo.

Espero que tenham gostado, curtam e comentem.
Vejo vocês no próximo post.
XOXO, Luana.

Publicado em Filmes

Séries\Dramas

Nunca foi segredo nenhum que sou o tipo de pessoa que assiste diversas séries\dramas ao mesmo tempo sendo eles de diferentes gêneros e países, com o passar dos anos confesso que uma lista que costumava ser composta por diversas séries americanas que obtém mais de cinco temporadas mudou bastante. Atualmente assisto diversas séries, dramas e doramas mais as mesmas costumam ser de plataformas de stream e me prendem de tal forma que só assisto ela até terminar.

Abandonei sim séries que acompanhava por não me identificar mais ou por simplesmente ter cansado da história, não que seja algo bom o que acontece é que a partir do momento que uma série tem 15 temporadas acaba ficando exaustivo acompanha-la tendo tantas outras opções mais novas e atrativas. Enfim depois de todo esse rolo trouxe abaixo os cinco últimos programas que assisti e só de monta-lo percebi que realmente me desgarrei do mundo televisivo americano, agora exploro diversas nacionalidades que simplesmente me conquistaram.

Os programas abaixo estão no catalogo do Netflix e VIKI, ambos plataformas de stream sendo o VIKI uma plataforma suportada por fãs e tendo principalmente programas asiáticos maravilhosos.

Suspicious Partner
7fd8958ac143bbeadaa548171289d825Um romance misturado com suspense que também possui uma boa dose de comédia, essa é a melhor definição que posso dar para a história que tem como personagens principais Eun Bong-Hee e No Ji-Wook, dois advogados que se esbarram no metro sem imaginar tudo que viria após isso.

Ficha Técnica
Origem: Coréia do Sul
Eps: 40
Duração por ep: 30 minutos.

Hwarang
8334110a5b9e9689aa2e796b03609392Uma história que ocorre na Coréia antiga mostra como um rei desconhecido pode causar confusões pela reino, sendo assim apenas os Hwarangs poderiam restaurar a ordem e paz que a rainha viúva deseja. Mesmo que no meio disso tenhamos diversas brigas e muitas cenas engraçadas com os grandes galas da tv coreana.
Ficha Técnica
Origem: Coréia do Sul
Eps: 20
Duração por ep: 60 minutos

Elite
f79cecff6d0417ff443e050aefb7bce5Elite a série original netflix que possui o mesmo criador e alguns atores de La Casa de Papel, confesso que a série peca em algumas coisas mais teve toda a minha atenção por me deixar extremamente curiosa e por explorar o estilo de vida de jovens privilegiados.

Ficha Técnica
Origem: Espanha
Eps: 8
Duração por ep: 50 minutos

Strong Girl Bong-Soon
cfaef4309a1b9b1ae2719b1df9d4511eUma história recheada de cenas cômicas e com uma garota com um super poder que passa de geração a geração, Do Bong só não imaginava que numa ação de heroísmo acabaria virando uma segurança com muitas responsabilidades.

Ficha Técnica
Origem: Coréia do Sul
Eps: 17
Duração por ep: 70 minutos

Re:Mind
235yqpg-1024x576Uma produção original netflix que até agora me deixa um pouco intrigada, a história é ao redor de 11 meninas que são sequestradas no dia anterior de suas formaturas e acabam achando que a única forma de se salvar é revelando as coisas ruins que fizeram em conjunto na chamada “Justiça Perfeita”.

Ficha Técnica
Origem: Japão
Eps: 13
Duração por ep: 25 mintos

 

Espero que tenham gostado, curtam e comentem se ficaram com vontade de assistir algum ou se me indicam um novo.

Vejo vocês no próximo post.
XOXO, Luana.

Publicado em Escreva por amor

Vida Amorosa

2904233_0

Existem mil e uma formas de se falar de amor, afinal existe o amor pela família, o pelos amigos, pelos animais, pela sua casa, pela sua cultura, pelo ídolo, por um país e assim vai. Mas existe o tipo de amor mais falado, o que mais estampa roteiros de filmes o amor no sentido de relacionamento romântico, aquele amor que forma um casal não importando o gênero das pessoas que compõem aquele casal o que importa é o amor.

No entanto, constantemente pessoas solteiras com mais de 18 anos são confrontadas de porque estarem sozinhas, não sei vocês mais eu realmente não suporto quando uma pessoa avulsa pergunta o porque de eu estar solteira e coisas assim. O amor não é algo que podemos controlar ou decidir quando vai acontecer e sinceramente se for pra ter um relacionamento vazio de sentimento, de química, de companheirismo prefiro estar sozinha e isso afeta somente a minha pessoa.

Não entendo porque tantos se preocupam com a vida amorosa alheia, porque as pessoas não entendem o quanto essa pergunta pode desencadear emoções nada bem vindas, porque as pessoas não entendem que muitas vezes não temos alguém porque a dificuldade em encontrar alguém que combine é simplesmente enorme. Aquela famosa pergunta “E os namoradinhos?” é na verdade a pergunta que menos queremos ouvir, a questão de ser solteiro deve ser uma escolha sua, claro que muitas vezes estamos solteiros mais abertos para o amor surgir, só que queremos algo de verdade do que adianta ter alguém e continuar se sentindo sozinho.

Estar em um relacionamento não deve ser sobre fotos de casal no instagram, não deve ser sobre ter sobre o que falar com as amigas que namoram, deve ser sobre uma companhia para seu dia a dia que se faça presente pelo simples fato de querer estar com você, um relacionamento deve ser baseado no desejo de duas pessoas quererem estar juntas sem porque, mas apenas porque se sentem bem com a outra.

Vida amorosa é algo tão pessoal, é algo que não depende apenas de você e deve sempre ser algo que te faz bem, te faz feliz e que te ponha pra cima.

Espero que tenham gostado, curtam e comentem suas opiniões.

Vejo vocês no próximo post.
XOXO, Luana.

Publicado em Prêmios

AMAs 2018

dpgnfuzvsaeynso.jpgNa última terça-feira dia 09 de outubro ocorreu em Los Angeles a cerimônia anual do American Music Awards, premiação que tem grandes apresentações e costumava ser a que recebia quase todos os grandes nomes da música americana em sua plateia. Costumava pois como o VMA o AMA também decaiu em questão de dar vontade de assistir, a premiação que já obteve numa mesma cerimônia performances de quase todos os seus indicados nas categorias mais importantes não obteve mais essa maravilha.

Claro que nem tudo decaiu afinal tivemos performances de Taylor Swift, Halsey, Shawn Mendes, Camila Cabello e diversos outros artistas a questão de decair é que as premiações americanas parecem ter estagnado e não conseguem inovar em suas cerimônias, afinal se você assistir algum vídeo da edição passada do AAA(Asia Artist Awards) verá que o nível de lá é muito superior.

Enfim claro que essa é a minha opinião e tenho certeza que muita gente ama assistir a premiação como eu amava até ano passado, uma coisa que o AMAs teve de inovação este ano e ano passado foi a presença de grandes nomes da música asiática, já que ano passado o grupo BTS estava na plateia e esse ano o NCT estava lá. Camila Cabello e Taylor Swift foram as grandes ganhadoras dessa edição e ainda tiveram as melhores perfomances da noita, segue abaixo a lista de vencedores dessa premiação:

  • Artist Of The Year – Taylor Swift
  • Favorite New Artist Of The Year – Camila Cabello
  • Favorite Collaboration Of The Year – Havana, Camila Cabello ft. Young Thug
  • Favorite Female Artist, POP\ROCK – Taylor Swift
  • Favorite Male Artist, POP\ROCK – Post Malone
  • Favorite Duo\Group, POP\ROCK – Migos
  • Favorite Song, POP\ROCK – Havana, Camila Cabello ft. Young Thug
  • Favorite Album, POP\ROCK – Reputation, Taylor Swift
  • Favorite Male Artist, Country – Kane Brown
  • Favorite Album, Country – Kane Brown, Kane Brown
  • Favorite Song, Country – Heaven, Kane Brown
  • Favorite Female Artist, Country – Carrie Underwood
  • Favorite Duo\Group, Country – Florida Georgia Line
  • Favorite Artist, Rap\Hip Hop – Cardi B
  • Favorite Male Artist, Soul\R&B – Khalid
  • Favorite Female Artist, Soul\R&B – Rihanne
  • Favorite Song, Soul\R&B – Finesse, Bruno Mars & Cardi B
  • Favorite Album, Rap\Hip Hop – Beerbongs & Bentleys, Post Malone
  • Favorite Song, Rap\Hip Hop – Bodak Yellow, Cardi B
  • Favorite Album, Soul\R&B – 17, XXXTentacion
  • Favorite Artist, Adult Contemporary – Shawn Mendes
  • Favorite Artist, Alternative Rock – Panic at the Disco
  • Favorite Soundtrack – Black Panther (Pantera Negra)
  • Favorite Artist, Latin – Daddy Yankee
  • Favorite Artist, Contemporary Inspirational – Lauren Daigle
  • Favorite Artist, EDM – Marshmello
  • Favorite Social Artist – BTS
  • Favorite Music Video – Havana, Camila Cabello ft. Young Thug
  • Favorite Tour Of The Year – Taylor Swift.

 

Espero que tenham gostado, os videos das apresentações estão nos canais de cada cantor.
Comentem e curtam, me digam o que acharam dessa edição do prêmio.

Vejo vocês no próximo post.
XOXO, Luana.

Publicado em Música

Albúns de Agosto – Setembro

Apesar de estar atrasada como mencionado no post Álbuns de Junho – Julho tentarei fazer um post há cada dois meses com os cinco álbuns lançados nesse espaço de tempo que dominaram minhas playlists, logo tiveram suas músicas em um looping nível de eu aprender cada música após apenas três dias de lançamento.

Claro que eu não consigo acompanhar Eminem e muito menos Nicki Minaj mais posso tentar, esses abaixo são os meus álbuns preferidos que estão tocando desde lançados e que eu super indico para todos que sejam ecléticos, apreciam músicas boas que também possuem diversas histórias por trás de suas letras.

1 – Love Yourself: Aswer – BTS
WhatsApp Image 2018-08-25 at 18.50.20Como falado no post Comeback – BTS, o grupo sul coreano teve seu álbum lançado no dia 24 de agosto. Esse foi o último da série “Love Yourself” contendo 25 músicas e quatro versões de álbuns físicos, no mesmo dia de seu lançamento a faixa single do álbum quebrou o recorde tornando-se o clipe mais visto em 24 horas na história do youtube e o clipe de um grupo sul coreano com mais visualizações em 24 horas. O BTS só comprova a cada lançamento o quanto possui talento e merece o reconhecimento global por isso.

2- Queen – Nicki Minajcd-nicki-minaj-queen-explicit-target-exclusive-extras-song-d_nq_np_613179-mlb28083434144_092018-fNicki Minaj lançou no dia 10 de agosto o álbum “Queen” seu quarto álbum, o álbum que possui 19 músicas estreou no Top 5 da Billboard assim como no Itunes, Spotify e Tidal. Nicki Minaj a renomada rainha do rap trouxe nesse álbum colaborações com Eminem, Lil Wayne e outros grandes nomes do rap americano. Teve como single promocional a música “Chun-li” e com apenas nove dias de lançamento fez uma apresentação no palco do VMA que foi na minha opinião a apresentação que salvou a premiação de ser um verdadeiro fiasco.

3- Astroworld – Travis Scott
o-rapper-travis-scott-lanc3a7a-c3a1lbum-astroworld-800x445“Astroworld” foi lançado dia 3 de agosto sendo esse o terceiro álbum do rapper. O álbum possui 17 faixas e estreou em primeiro lugar de diversas plataformas de stream pelo mundo, o álbum tem como “tema” o encerramento de um parque de diversões que é o Astroworld. Ao longo das faixas sentimos uma vibe e vemos as letras interligadas, o mais legal desse álbum é que Travis consegue te prender a ponto de você ouvir tudo sem nem notar e ainda desejar estar no show, afinal os shows promocionais foram incríveis.

4- Kamikaze – Eminem
images“Kamikaze” é o décimo álbum do icone do rap Eminem, o mesmo foi lançado de surpresa no dia 31 de agosto presenteando fãs ao redor do mundo com 13 faixas incrivelmente boas, com criticas ao mundo atual e ao rappers atuais que ao “cantarem” parecem estar falando um língua desconhecida por todos já que ninguém entende o que falam(não é o caso do Travis). A faixa Fall foi a primeira a obter clipe onde Eminem deixa claro que todos o criticam mais nenhum consegue ser tão grande e bom quanto ele, afinal Eminem é realmente um ícone do rap que sempre faz músicas marcantes e muito boas.

5- Alone In The City – Dreamcatcher
screen_shot_2018-09-10_at_10-48-50_pm_1024x1024.png“Alone In The City” é o terceiro mini álbum do girlgroup sul coreano Dreamcatcher, foi lançado no dia 20 de setembro junto com o MV da faixa single nomeada “What”. O grande diferencial do Dreamcatcher com todos os outros girlgroups coreanos é que elas podem ser classificadas como um Kpoprock, pelo forte som da guitarra em suas músicas que deixa cada faixa ao longo de sua discografia ainda mais viciante. Indico muito pra todos que são abertos a ouvir músicas boas e pouco divulgadas em nosso país.

*EP Fisrt Time – Liam Payne
download (1)“Esse EP é formado por 4 músicas, sendo elas First Time (ft. French Montana), Home With You, Depend On It e Slow. Liam, integrante da banda britânica One Direction, agora em projeto solo, decidiu lançar esse EP antes do seu tão esperado “Debut Album”, para que seus fãs tivessem uma noção de como vai ser o som do seu álbum. As 4 músicas tem uma pegada mais de pop, First Time, Home With You possuem uma ritmo mais dançante enquanto Slow tem uma pegada mais eletrônica, mais agitada. Já Depend On It, é uma música mas lenta e talvez a mais pessoal para o cantor. Liam Payne tanto na 1D quanto agora em projeto solo, vem fazendo trabalhos consistentes e reconhecidos pela indústria musical, seu estilo pop e eletrônico tem conquistado muitas pessoas e com esse EP não foi diferente. Liam tem um estilo musical muito versátil e eclético, seu EP definitivamente merece ser ouvido, por já ser uma prévia do seu álbum de estreia e ainda há muito mais por vir.”  – Nathalia Maria.

 

Esse foi o post pessoal, para o extra sobre o EP do Liam achei justo minha melhor amiga que me indicou para ouvir essa maravilha fazer o resumo sobre o mesmo. Espero que tenham gostado, comentem outros álbuns que tenham saído e que vocês me indicam ou se gostam de algum desses, curtam também.

Vejo vocês no próximo post.
XOXO, Luana.

Publicado em Filmes

Felicidade Por Um Fio

felicidade-por-um-fio-netflix-review-1

Netflix realmente tem se superado cada vez que lança um filme original, não pelas grandes produções, por efeitos especiais não é nada disso apesar do stream ter diversos filmes e séries cujos efeitos\design são impecáveis. Aqui estamos falando sobre como a Netflix tem falado em seus filmes sobre os problemas reais que existem em nosso dia a dia e que não eram levados para a cinematografia (pelo menos não de forma que chegasse ao mundo todo).

Desde o lançamento de “A Barraca do Beijo” o stream investiu em filmes de comédia romântica que foram adaptados de livros com as protagonistas sendo meninas diversas, ou seja, finalmente milhares de meninas que fogem dos padrões que existem na sociedade se identificaram já que Lara Jean, Sierra Burguess e Elle Evans são garotas comuns que vivem o sonho de toda menina com seus pares românticos. Após três acertos consecutivos a plataforma lançou “Felicidade Por um Fio”, filme que foca no amor próprio e principalmente em como até os padrões de como deve ser o cabelo de uma pessoa pode causar um impacto em toda sua vida.

Felicidade por um fio conta a história de Venus uma publicitária bem sucedida que desde muito nova ouviu de sua mãe que o cabelo bonito e liso era a coisa mais importante em sua aparência, por ter crescido com essa influência Venus sempre cuidou de sua aparência e considerava seu cabelo sua maior conquista. O nível de cuidado com seu cabelo é observado quando logo nas primeiras cenas ela não deixa seu namorado tocar no mesmo enquanto a beija, mas tudo muda quando o salão “comete” um erro com seu cabelo e para piorar o que ela esperava que acontecesse em seu aniversário não ocorre.

Venus após essa decepção decide mudar seu cabelo mais depois de beber muito acaba voltando pra casa e raspando o mesmo e é ai que a mensagem do filme começa, mostrando como a confiança de uma mulher é sua real beleza, não seu cabelo já que no começo ela sente vergonha de sua careca e acaba sendo cabisbaixa mais após aceitar sua beleza percebe que seu cabelo não era tudo ela alcança o amor próprio e auto estima verdadeiramente.

Felicidade por um fio é um filme simples mais com um recado extremamente importante num mundo onde grande parte das mulheres fazem química em seus cabelos em busca “de um cabelo bonito”, no filme ouvimos diversos como as mulheres negras e com cabelos crespos são as que mais dão dinheiro para a indústria de cosméticos capilares.

Vemos na Venus uma mulher que desde pequena teve seu cabelo da forma que sua mãe queria, para só na vida adulta entender que o que importa é sua felicidade e não um cabelo perfeito muito menos a aparência perfeita. O recado é claro de que você deve ter o cabelo e a aparência que quiser o que importa é somente a sua felicidade, o seu amor próprio e bem estar. Você encontrará a felicidade a partir do momento que encontrar quem você é e se amar acima de tudo.

Espero que tenham gostado desse simples post, curtam e comentem.

Vejo vocês no próximo post.
XOXO, Luana.